A Importância da Hidratação na Massagem

hidratacao-na-massagem

Sabemos que qualquer ser vivo precisa de água para viver. Todas as funções celulares no corpo do ser humano precisam de água para que as reações químicas e biológicas possam ocorrer.

Um ser humano precisa beber, em média, dois litros meio de água por dia. Certamente que este parâmetro trata-se apenas de uma média, e o volume necessário de água ingerida vai depender da quantidade de exercícios que fazemos, da concentração de sal nos alimentos consumidos e de outros fatores, como a própria massagem.

Então, por que é tão importante nos mantermos bem hidratados?

Além das funções orgânicas, a água é importante pois também atua na regulação da temperatura corporal, auxilia a perda de peso, acelera o metabolismo, melhora a concentração e o humor, previne doenças e dores crônicas (como dores de cabeça e enxaquecas) e mantém a pele mais flexível e resistente.

A água é simplesmente o solvente universal, todas as reações químicas ocorrem melhor e com mais eficiência em meio aquoso, sem mencionar que uma correta hidratação permite o transporte de nutrientes para as células, assim como a remoção de toxinas do corpo.

Mas, apesar dos benefícios, o consumo excessivo e exagerado de água também não é recomendado. O excesso de água reduz drasticamente a concentração de sais minerais e nutrientes no organismo, dificultando a síntese orgânica, a nutrição e a desintoxicação.

Aqueles que ingerem água além do necessário, com frequência, devem procurar ajuda médica especializada, pois pode se tratar de alguma doença ou enfermidade mais grave e que deve ser avaliada e tratada.

A questão é que a correta hidratação sempre é necessária e deve fazer parte dos nossos hábitos diários. A massagem, por sua vez, irá ajudar a melhorar a distribuição dos líquidos em nossos corpos, auxiliando os órgãos e sistemas no desempenho de suas funções.

Além disso, muitos profissionais massagistas argumentam que a massagem dos tecidos profundos, como exemplo, tem a incrível capacidade de retirar as toxinas dos músculos e tecidos, direcionando-as para a corrente sanguínea, facilitando a sua eliminação.

Neste contexto, a água torna-se fundamental para que essas toxinas sejam, de fato, eliminadas do corpo e que não fiquem acumuladas em órgãos, como nos rins.

A experiência profissional mostra que, logo após uma sessão de massagem intensa, muitos pacientes relatam a necessidade de urinar, o que induz que a massagem atua como uma terapia de drenagem das impurezas em nosso corpo.

Outra argumentação válida é que a massagem, juntamente com uma hidratação adequada, atua liberando os nós de tensão, que são barreiras contra o escoamento eficiente das impurezas e nutrientes no organismo.

Ou seja, a tensão gerada pelo estresse e pela ansiedade cria obstáculos nos tecidos e músculos que dificultam o adequado funcionamento dos sistemas circulatório e linfático.

Com o relaxamento das tensões, os nós são desfeitos, assim a hidratação e a nutrição das células tornam-se muito mais eficientes e completas, permitindo que as reações metabólicas sejam melhoradas, trazendo mais benefícios aos órgãos e sistemas.

Apesar dos enormes benefícios da massagem e da adequada hidratação, ainda não há evidências e pesquisas científicas que indiquem que devemos ingerir muita água antes e depois do tratamento.

A água sempre é necessária e não há nenhuma correlação de benefícios superiores quando ingerida antes ou após a massagem. Deve ser ingerida sempre, inclusive durante o procedimento, se possível.

Tente beber água pura, sem adição de outras substâncias, sempre que possível.

Evite a ingestão de muita cafeína, refrigerantes e bebidas artificiais antes, durante e depois da massagem. Além de estimularem o corpo, dificultando o relaxamento, bebidas artificiais sobrecarregam os rins e outros órgãos.

Procure sempre beber água no seu estado puro, ou sucos naturais sem adição de açúcar quando for receber uma massagem relaxante e revigorante. Os benefícios serão muito maiores e duradouros.

Curtiu este artigo? Compartilhe!

Artigos Relacionados

3 Comentários para “A Importância da Hidratação na Massagem”

  1. Fátima Arantes Pereira

    Interessante esta matéria! Sempre que eu saio da massagem, sinto uma vontade imensa de ir ao banheiro e sempre achei que era só comigo.
    Depois bebo muita água para me hidratar, mas passo o dia inteiro urinando muito mais do que o normal depois de uma sessão de massagem mais intensa e profunda.
    Excelente texto, sempre tive a curiosidade de saber o motivo e foram esclarecidas todas as minhas dúvidas com este conteúdo! Gostei muito do blog de massagem.

  2. Vânia Bottas

    Nada melhor do que um grande copo de água logo ao acordar. Quanto mais eu bebo água e elimino de vez os refrigerantes e bebidas alcoólicas, melhor eu me sinto. A água é um potente desintoxicante que ao longo do tempo vai limpando nossos corpos e removendo as impurezas. Até as sessões de massagem se tornaram muito mais proveitosas depois da ingestão regular de água. É incrível como tudo passa a funcionar melhor, alterando até mesmo o humor e as emoções. Beber muita água e receber, de vez em quando uma massagem, me tornou uma pessoa muito melhor.
    Sucesso a todos!!

  3. Vladimir Fonseca

    Quando eu bebo muita água depois da massagem vou fazer xixi toda hora… Acho que a massagem estimula a urina, só pode ser. Como mais alguém acontece isso também?

Deixe uma resposta para Fátima Arantes Pereira Cancelar resposta