As Qualidades Sempre Presentes em um Bom Massagista

Massagista terapeuta

Então você é um massagista profissional ou está se tornando um. Além das qualificações e credenciamentos necessários para que você possa exercer essa enriquecedora e honrosa profissão, um bom massagista também deverá possuir algumas outras qualidades.

Antes de continuarmos com a leitura do artigo, gostaríamos de parabenizá-lo(a) pela escolha deste maravilhoso ofício e profissão que é ser um massagista terapeuta. Saiba que esta profissão, apesar das dificuldades, possui um enorme potencial de crescimento, seja mercadologicamente e profissionalmente.

As dificuldades e desafios na vida de um massagista profissional são inúmeros, mas com determinação, coragem, boa qualificação, experiência e qualidades desejadas, as perspectivas de sucesso são muito boas.

Sendo assim, resolvemos criar este texto para que você, massagista terapeuta ou estudante consiga identificar melhor quais as características e qualidades mais desejadas e necessárias para que sua vida profissional seja repleta de gratificações, recompensas e conquistas.

Antes de tudo um bom massagista é aquele que possui uma personalidade forte. Isso não significa ser uma pessoa rude, deselegante e autoritária.

Significa que você deverá saber impor suas convicções e seus conhecimentos adquiridos em estudos e experiências nas situações delicadas e até mesmo constrangedoras e complicadas.

Em alguns casos, você deverá, até mesmo, negar a execução de um serviço que se mostrar inadequado ou inválido, mesmo após a contestação do cliente.

Siga firme com seus valores, conhecimentos e experiências, afinal o profissional terapeuta é você. Sendo assim, você é quem deverá saber impor os limites.

O bom profissional massagista também deverá ser paciente e resiliente. Muitas situações complexas podem ocorrer durante uma sessão de massagem e você deverá saber lidar com elas com profissionalismo.

Massagistas respeitados também são adeptos ao princípio da isonomia. Ou seja, você deverá sempre tratar bem da mesma forma igualitária todos os clientes.

Além disso, a qualidade dos seus serviços deve ser a mesma para qualquer cliente, sempre objetivando a resolução do problema, independentemente da afinidade ou do grau de relacionamento com o cliente.

Profissionais massagistas de alto nível devem ter compaixão pelos seus clientes. Devem sempre se colocar em seu lugar e avaliar com cuidado o problema enfrentado.

Lembre-se que o massagista é um profissional que está lidando com a saúde humana e enfrentará inúmeras vezes situações complexas de dores e lesões, com quadros complicados de saúde.

Um massagista também deve ser discreto, neutro e não expor os problemas de seus pacientes para outras pessoas, além de ter empatia com elas, colocando-se sempre em seus lugares.

Ser comunicativo e tentar absorver o máximo de informações úteis para o tratamento de seus pacientes também é recomendado. Mas um massagista profissional não devem confundir uma conversa sincera e necessária com um mero bate papo.

A descontração em determinados momentos, com alguns comentários apropriados, é essencial, mesmo para suavizar o possível sofrimento do paciente. Mas as conversas sem sentido, fofocas e discussões desnecessárias não são nunca convenientes.

O massagista bem preparado deve ser confiante e responsável. Deve sempre acreditar que seus conhecimentos irão sempre ajudar a melhorar as condições físicas e mentais de seus clientes e pacientes.

E você, está preparado(a) para se tornar um massagista respeitado e admirado? Coloque as sugestões citadas em prática, destaque-se muito dos demais profissionais e torna-se um profissional de sucesso.

Curtiu este artigo? Compartilhe!

Artigos Relacionados

Um Comentário para “As Qualidades Sempre Presentes em um Bom Massagista”

  1. Emília Mascheranni

    Uma qualidade que eu valorizo muito em um massagista é a habilidade do profissional em lidar com as pessoas, saber ouvir e criar empatia com o paciente, colocando-se em seu lugar. Claro que boa formação e qualificação também são necessárias, mas estas qualidades, como dito, apenas necessárias e não suficientes.
    Me sinto muito confortável quando estou diante de um massagista que consegue entender meus objetivos, meus problemas e, acima de tudo, me ouve com atenção e tenta elaborar com cuidado um plano de tratamento de massagem personalizado, de acordo com minhas necessidades. Massagens padronizadas deveriam estar em desuso e os profissionais mais valorizados são os que consegue customizar o tratamento e oferecer uma massagem totalmente voltada para os objetivos do paciente.

Deixar um Comentário