A Massagem como Aliada no Tratamento Oncológico

Massagem Oncológica

Primeiramente, convém salientar que a massagem não irá promover a cura dos casos de câncer, infelizmente. Assim, o conteúdo deste artigo, certamente, não se trata desta abordagem, mas como melhorar a condição do paciente acometido pela doença e aliviar os seus sintomas.

A massagem oncológica é a terapia que visa, primordialmente, pacientes com câncer na melhor administração de suas emoções e de seu estado de espírito durante os tratamentos médicos.

Diversos estudos e experimentos demonstram que a massagem direcionada, durante o tratamento oncológico, ajuda a aumentar a qualidade de vida das pessoas, uma vez que os benefícios da terapia são numerosos, tais como:

  • Aumento do relaxamento;
  • Melhora no sono;
  • Alívio da ansiedade e do estresse;
  • Redução das dores e desconfortos;
  • Melhoria no sistema imunológico;
  • Redução do cansaço e da indisposição;
  • E alívio dos enjoos e náuseas.

Além desses benefícios, geralmente, os terapeutas massagistas que realizam esses trabalhos, juntamente com o tratamento oncológico, são especializados e receberam treinamentos específicos e direcionados, tornando os procedimentos mais individualizados e customizados, de acordo com as necessidades do paciente.

Antes do planejamento do tratamento com massagens é avaliado o estado de saúde geral do paciente, o tipo de câncer a ser enfrentado, os procedimentos clínicos a serem seguidos e, principalmente, os sintomas relacionados.

O massagista deve estar completamente apto a entender e compreender a situação do paciente, a saber identificar suas necessidades, além de possuir uma boa capacidade comunicativa para extrair informações imprescindíveis do paciente para o tratamento com massagem.

Também deve-se ter em mente as contraindicações da massagem para alguns casos oncológicos. Há alguns riscos envolvidos na aplicação de massagens para alguns pacientes, sendo assim, algumas precauções e cuidados devem ser tomados.

O ideal é que exames e uma boa avaliação médica sejam implementados para que os riscos sejam reduzidos ou descartados, a fim de que o paciente tenha todos os resultados desejáveis, provenientes de um adequado tratamento de massagem, descrito no blog de massagem.

De forma geral, a massagem oncológica é muito diferente das outras modalidades de terapias alternativas. Primeiramente, porque seus movimentos são mais lentos, extensos e demorados – trabalhando os pontos de gatilho do sistema nervoso central, promovendo um relaxamento muito intenso.

É muito comum que pacientes, acometidos pelo câncer, com o passar do tempo, não mais consigam relaxar e descansar adequadamente, sempre preocupados, ansiosos e tensos, pensando nos tratamentos e nas internações médicas, além do seu estado de saúde.

Neste contexto, é que a massagem oncológica torna-se fundamental relaxando o sistema nervoso central, tornando a pessoa muito menos ansiosa, encontrando tempo e e ânimo para se acalmar e trazer a paz e descanso que o seu corpo precisa para enfrentar o câncer.

É muito comum que, durante uma sessão de quimioterapia, o tratamento dure mais de quatro horas consecutivas. O estado de estresse e ansiedade é muito alto nesse momento. Geralmente as pessoas que enfrentam essas lutas estão sentindo fortes dores, enjoos, e um mal estar muito grande.

Portanto, nada mais humano do que tentar trazer mais conforto para esses pacientes. Deixá-los relaxados para que eles possam sentir novamente a paz e a calma, geradas pelos toques bem administrados em suas mãos e em seus pés, tornando esses tensos momentos mais suportáveis.

A massagem terapêutica oncológica é extremamente benéfica para a mente, o corpo e o espírito durante o tratamento de câncer. Tratando-se de uma modalidade de massagem extremamente humana e não invasiva, provendo novamente a sensação de paz, bem-estar e otimismo para o paciente.

Curtiu este artigo? Compartilhe!

Artigos Relacionados

Um Comentário para “A Massagem como Aliada no Tratamento Oncológico”

  1. Danilo Takashi

    Sou uma prova viva de que a massagem faz muito bem durante os tratamentos para o câncer, principalmente na quimioterapia. Meus enjoos e indisposições melhoraram muito com as sessões regulares de massagem, o tempo passa muito mais depressa, o tratamento oncológico torna-se muito mais suportável e nos sentimos mais relaxados.
    Gostei muito de ver um site abordando esse assunto e trazendo estudos e pesquisas realizadas nesta área. Parabéns aos idealizadores do Blog Rio FGC Massagem!!
    Estarei sempre por aqui a partir de agora para me manter informado.
    Abraços a todos!!

Deixe uma resposta para Danilo Takashi Cancelar resposta